O filho do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, gravou um vídeo onde mostra os registros de ligações entre a portaria e as casas do condomínio onde ele o pai vivem. Carlos teve acesso ao material por ser morador do conjunto residencial.

Ele mostra que não houve nenhuma ligação da portaria para a casa de número 58, onde mora Jair Bolsonaro no dia da morte da ex-vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco. Carlos desmonta assim a farsa noticiada pela Rede Globo, que sustentou que o porteiro teria confirmado que Bolsonaro teria permitido a entrada de Élcio Quiroz no condomínio no dia do crime.

https://youtu.be/h2fNJ3ESNHg

Clique na foto para ouvir
Anúncios