Tem dedo da Venezuela e Cuba nas manifestações da esquerda na América do Sul, afirma órgão da ONU.

A OEA – Organização dos Estados Americanos declarou que as ditaduras Venezuelana e Cubana estão por trás dos ataques para desestabilizar os sistemas políticos na América do Sul.

As correntes atuais de desestabilização dos sistemas políticos do continente têm origem na estratégia das ditaduras bolivariana e cubana, que buscam novamente se reposicionar, não por um processo de reinstitucionalização e redemocratização, mas por sua antiga metodologia de exportação de polarização e más práticas, mas essencialmente financiam, apóiam e promovem conflitos políticos e sociais.

Leia o artigo da OEA em espanhol:

https://www.oas.org/es/centro_noticias/comunicado_prensa.asp?sCodigo=C-081/19

Las actuales corrientes de desestabilización de los sistemas políticos del continente tienen su origen en la estrategia de las dictaduras bolivariana y cubana, que buscan nuevamente reposicionarse, no a través de un proceso de reinstitucionalización y redemocratización, sino a través de su vieja metodología de exportar polarización y malas prácticas, pero esencialmente financiar, apoyar y promover conflicto político y social.

2 comentários sobre “Tem dedo da Venezuela e Cuba nas manifestações da esquerda na América do Sul, afirma órgão da ONU.”

  1. CAMALEÕES
    METAMORFOSES, CARAS LAVADAS,
    PERDERAM A COMPOSTURA, INSENSÍVEIS,
    APRESENTAM-SE NA MASSA DOLENTE,
    APLAUDEM BARRABÁS QUE PROMETE
    NÃO SENDO ARIANO, TAMBÉM CAIRÁ.
    HÁ UMA ONDA NEFASTA, MANIPULADA,
    ORQUESTRADA POR TRÁS DA DESGRAÇA
    QUE O POVO SEM DEUS, ESCOLHEU!
    VASSALOS DE ESPÍRITOS MESQUINHOS,
    MATAM SERES HUMANOS PARA ALIMENTAR
    ALIANÇAS QUE FIZERAM NAS NOITES
    BUSCANDO PODER QUE IRÃO PERDER.
    POBRES VAMPIROS, O SANGUE PRECIOSO,
    DESPREZARAM, ESCOLHERAM A ARROGÂNCIA
    TRANSITÓRIA DAQUELES QUE TAMBÉM
    TEM O TEMPO DETERMINADO.
    CEGOS DA ALMA, INFELIZES CRIATURAS PERDIDOS
    COM FIM ETERNO, SEM PERDÃO.

    Dionê Leony Machado
    Novembro de 2019.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.