Na verdade, o documento é puramente político e atende aos interesses dos poderosos.

Num trecho, diz claramente que o objetivo é impedir que o fiscal da Receita compartilhe com o MPF e a PF “indícios de crimes não tributários”, justificando a regra no vazamento recente “de investigações contra membros do Poder Judiciário e seus parentes”.

Anúncios