• Até hoje, a União gastou R$ 9,9 bilhões com indenizações e pensões pagas a anistiados “políticos.” Dinheiro suado, do povo ordeiro e trabalhador, pago a 39.370 pessoas ditas perseguidas e autointituladas defensoras da democracia.

Anúncios