Promotora Carmen Eliza se afasta do caso Marielle. “Por ter usado uma camiseta com o rosto do candidato Bolsonaro, a promotora Carmen Bastos teve de se afastar-se do caso Marielle. Por ter sido advogado de Lula, Dias Toffoli virou advogado do STF…” Augusto Nunes.

Uma das 3 investigadoras, ela pediu para sair após repercussão de posts de apoio à campanha de Bolsonaro em 2018.

Corregedoria do MP instaurou procedimento para análise das postagens. Em carta, Carmen citou ‘reflexos negativos no ambiente familiar e de trabalho’.

https://g1.globo.com/rj/rio-de-janeiro/noticia/2019/11/01/promotora-carmen-eliza-e-afastada-do-caso-marielle.ghtml

Esse post vai para o colaborador do Zap Bolsonaro, Flávio Ferreira de Curitiba e CEO da agência que administra o site:

http://www.republicadecuritibaoficial.com.br/

Anúncios