Decisão tem como base sistema penal acusatório e respeito ao devido processo legal.

Foto lateral do prédio da pgr

Foto: João Américo/Secom/PGR

Em manifestação enviada ao ministro Alexandre de Moraes, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, informou o arquivamento do Inquérito 4.781, que havia sido instaurado de ofício pelo presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Tofolli, em 14 de março. A providência tem como fundamento o respeito ao devido processo legal e ao sistema penal acusatório estabelecido na Constituição de 1988, segundo o qual o Ministério Público é o titular exclusivo da ação penal, fato que provoca efeitos diretos na forma e na condução da investigação criminal.

Leia mais: http://www.mpf.mp.br/pgr/noticias-pgr/raquel-dodge-arquiva-inquerito-aberto-de-oficio-pelo-supremo-tribunal-federal

Leia também: Jair Bolsonaro avalia enviar ao Congresso Nacional uma proposta de emenda à Constituição ampliando a proteção à liberdade de expressão, com foco na internet e na imprensa, diz a Crusoé. https://www.oantagonista.com/brasil/a-primeira-emenda-de-bolsonaro/

Anúncios