Lista dos senadores que votaram FAVORÁVEIS ao projeto das Fake News!

Dias sombrios! Anote esses partidos e não vote jamais em nenhum deles.

Segue a lista dos senadores FAVORÁVEIS ao PL 2630/2020 das fake news, são eles que votaram contra a sua liberdade!

https://congressoemfoco.uol.com.br/legislativo/veja-como-os-senadores-votaram-o-pl-das-fake-news/

https://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2020-06/senado-aprova-pl-das-fake-news-projeto-segue-para-camara
.
A polícia não vai subir no morro ou entrar na favela para buscar um trafi*ficante, massss com certeza irá na sua casa se você postar algo que são contra!
.
Sérgio Petecão (PSD-BA)
Lucas Barreto (PSD-AP)
Randolfe Rodrigues (Red-AP)
Eduardo Braga (MDB-AM)
Omar Aziz (PSD-AM)
Ângelo Coronel (PSD-BA)
Jaques Wagner (PT-BA)
Otto Alencar (PSD-BA)
Cid Gomes (PDT-CE)
Tasso Jereissati (PSDB-CE)
Fabiano Contarato (Rede-ES)
Rose de Freitas (Podemos-ES)
Eliziane Gama (Cidadania-MA)
Weverton Rocha (PDT-MA)
Carlos Fávaro (PSD-MT)
Jayme Campos (DEM-MT)
Wellington Fagundes (PL-MT)
Nelsinho Trad (PSD-MS)
Simone Tebet (MDB-MS)
Antonio Anastasia (PSD-MG)
Rodrigo Pacheco (DEM-MG)
Daniella Ribeiro (PP-PB)
José Maranhão (MDB-PB)
Veneziano Vital do Rêgo (PSB-PB)
Jader Barbalho (MDB-PA)
Paulo Rocha (PT-PA)
Humberto Costa (PT-PE)
Jarbas Vasconcelos (MDB-PE)
Ciro Nogueira (PP-PI)
Marcelo Castro (MDB-PI)
Jean Paul Prates (PT-RN)
Paulo Paim (PT-RS)
Acir Gutgacz (PDT-RO)
Confúcio Moura (MDB-RO)
Marcos Rogério (DEM-RO)
Chico Rodrigues (DEM-RR)
Mecias de Jesus (Republicanos- RR)
Telmário Mota (Pros-RR)
Dário Beger (MDB-SC)
Alessandro Vieira (Cidadania-SE)
Maria do Carmo (DEM-SE)
Rogério Carvalho (PT-SE)
Irajá (PSD-TO)
Kátia Abreu (PP-TO)

Congresso Nacional cada vez mais DESMORALIZADO. NÃO IRÃO NOS CALAR. #PL2630Nao

Estes senadores votaram contra o projeto das Fake News!

Anúncios

Um comentário sobre “Lista dos senadores que votaram FAVORÁVEIS ao projeto das Fake News!”

  1. Jader Barbalho e Paulo Rocha, esses era de se esperar o povo paraense analfabeto que colocar dois devoradores no poder tão sério que é o senado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.