Entenda a jogada de mestre de Bolsonaro com o STF!

A bomba foi jogada nos colos dos ministros do STF. Confira e compartilhe!

https://www.facebook.com/100000529576375/posts/3647870028573947/?sfnsn=wiwspmo&extid=pFpvJZzN9Cqlh3kV

“O apressado come cru.

Bolsonaro espero, aguentou, se segurou e, na hora H, agiu.

Militares têm a vantagem de pensar diferente, de maneira estratégica.

Bolsonaro está governando o Brasil com estilo militar.

Sua bomba lançada ontem contra o STF pode atrapalhar de uma vez só: o inquérito das Fakenews, a CPMI das Fakenews e o PL das Fakenews, isso claro se o STF der a liminar e posteriormente considerar que Alexandre de Moraes agiu contrariamente à Constituição.

Ao fazer o pedido para que o STF se posicione a respeito do que é liberdade de expressão e suas limitações, a AGU jogou no colo dos ministros que façam a escolha de Sofia: ou escolherão salvar Alexandre de Moraes e a honra dos togados calando a boca dos críticos ou escolherão aplicar a Constituição.

O problema é que ao escolher o 1o, eles darão a Bolsonaro a chance de pedir ao Congresso uma intervenção no STF. Ao escolher o 2o entregarão a cabeça de Alexandre de Moraes e serão obrigados a amadurecer e entender que críticas fazem parte de qualquer país livre.

Bolsonaro agora deixou de ser vidraça e (aleluia!!) virou pedra!!”

Texto de Flávia Ferronato

Ainda temos muitas esperanças amigos! Não podemos desanimar e vamos manter a confiança no Presidente Bolsonaro. Newton Martins, Zap Bolsonaro, Boston, Estados Unidos.

5 comentários sobre “Entenda a jogada de mestre de Bolsonaro com o STF!”

  1. Sou 100%Bolsonaro , mas estes ministros são do demônio e têm os rabos dos políticos nas mãos . Que Deus e Jesus fortaleçam nosso presidente e equipe 🇧🇷🇧🇷🇧🇷🇧🇷

  2. Argumentos de maior lisura, com plenos direitos Constitucionais arguidos, num verdadeiro ato democrático. Esperemos que o STF não protele a resposta ou logo, logo, verão que o poder emana do povo. Parabéns Presidente JMBolsonaro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.