Eleições presidenciais no Uruguai apontam candidato da direita como favorito.

Lacalle Pou aparecia com 52% dos votos válidos e Martínez com 48% nas apurações de 24/11/19.

As pesquisas de boca de urna do segundo turno das eleições uruguaias indicam que Luis Lacalle Pou tem ligeira vantagem sobre o governista Daniel Martínez e, portanto, tem mais chances de se tornar o novo presidente do Uruguai.

Caso a vitória do liberal-conservador se confirme, ele colocará um fim no ciclo de 15 anos de governos da coalizão de esquerda Frente Ampla. Se houver uma virada, o grupo esquerdista permanece no poder por mais cinco anos. 

Leia mais aqui:

https://veja.abril.com.br/mundo/uruguai-vai-ao-segundo-turno-entre-direita-e-esquerda-em-novembro/amp/

A questão da segurança pública dominou o debate no primeiro turno — até porque, ao mesmo tempo, os eleitores votaram em plebiscito se aprovavam reforma constitucional semelhante a um pacote anticrime. O projeto, porém, não teve apoio de nenhum candidato e acabou rejeitado.

Em 2018, a taxa de homicídios no Uruguai chegou a 11,8 a cada 100 mil habitantes. É a primeira vez que o índice chegou a dois dígitos na história do país. Com isso, segundo o “El País”, somente Venezuela, Brasil e Colômbia tiveram maior proporção de mortes violentas no ano passado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.