Desabafo anônimo!

SHOPPINGS ABREM AS PORTAS DO INFERNO PARA OS LOJISTAS. LEIA O RELATO DE UM DELES

Recebemos uma circular comunicando que somos obrigados a abrir. Não tenho estoque, porque venceu. Perdemos quase tudo. Todas as lojas de alimentação estão com um prejuízo enorme. Os pedidos levam 15 dias para chegar, sendo que o frete exclusivo para chegar antes custa R$ 5.000.

Quem fez as contas não quer abrir. Por quê? Simples, terei que pagar 90% das minhas contas, com um faturamento médio de 30% do que faturava. Se chegar a isso.

As regras são terríveis dentro dos shoppings para quem é de alimentação e vestuários. Por exemplo, vestuário não pode provar as roupas. Quem vai comprar? A minha loja tem 17 mesas com 34 lugares. Vou contar com 6 mesas com 12 lugares. Fila no caixa, o distanciamento que pedem é de dois metros. Ou seja: um cliente no caixa, o segundo tem que ficar fora da loja.

A partir do momento que o shopping abrir, teremos que pagar 100% do aluguel, 100% do condomínio, terei que pagar folha, não teremos negociações com os bancos, minha conta de luz multiplicará por quatro. E o movimento será pífio! Baixíssimo. Para se ter uma ideia, na semana em que fechamos, vendia por dia entre R$ 170 a R$ 400! Para a loja se pagar, preciso que venda pelo menos R$ 1.800.

Com o cenário que temos de contaminação e mortes, mais as medidas tomadas pelo shopping, você acha que vou faturar R$ 1.800 reais ou entre R$ 170 a R$ 400? Os outros lojistas têm as mesmas dificuldades e as mesmas contas. Será uma chacina! Ninguém mais tem dinheiro. Os lojistas precisam investir uma grana para se adequar, mudanças no ar condicionado, limpeza e desinfecção especial para as lojas, fora outras adequações.

Está muito difícil, não vamos desistir, mas a falência está a um passo! Triste. E aí, quero ver os bancos em cima de mim. Ou alguém acha que terão pena devido ao Covid-19?

Os shoppings estão nessa briga pela abertura para poder cobrar aluguel e condomínio. Para pensar: das minhas vendas via whatsapp, Instagram, Uber Eats, entre outras, eu tenho que pagar porcentagem para o shopping. Por que, se a venda não veio pelo shopping? Uma vergonha. Num momento desses, os bancos aumentando juros, o shoppings querendo cobrar tudo o que podem, ninguém tá nem aí! O mundo é podre!

Aí o governo lança um empréstimo de 4,7% ao ano aos comerciantes! Excelente notícia e um puta projeto do governo. Resultado: os bancos estão reprovando 90% dos pedidos. Um absurdo.

Anúncios

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.