Decisão de Bolsonaro de acabar com DPVAT atinge empresa de Luciano Bivar.

Atual desafeto do presidente da República, Bivar é o controlador da seguradora Excelsior, uma das credenciadas pelo governo para cobertura do DPVAT.

Leia aqui:

https://veja.abril.com.br/economia/decisao-de-bolsonaro-de-acabar-com-dpvat-atinge-empresa-de-luciano-bivar/

6 comentários sobre “Decisão de Bolsonaro de acabar com DPVAT atinge empresa de Luciano Bivar.”

  1. Há muito tempo já se sabe que grandes empresários se lançam na política para, uma vez dentro do Congresso Nacional, ao invés de cuidar dos interesses do povo que os elegeu, passam a cuidar “zelosamente” dos seus interesses particulares, exclusivamente, como é o caso do presidente do PSL.

  2. O Poder Judiciário não aceita a decisão das urnas. O brasileiro escolheu um novo governo e o judiciário tem que aceitar democraticamente a decisão das urnas. Ao impedir Bolsonaro de governar o Judiciário está violando a decisão soberana das urnas. Está agindo inconstitucionalmente.
    Os eleitores de Bolsonaro são os verdadeiros prejudicados e são parte legítima para contestar as arbitrariedades e abusos do STF e do MPF.

  3. Eu continuo pensando que o jeito é dissolver o legislativo e judiciário e convocar novas eleições, sem o pessoal “antigo”.

    1. Da maneira que o STF e o Congresso Nacional, estão agindo contra os interesses da nação, o ideal seria intervenção federal, acabando com a farra dessa gente.

  4. Tem que feixar o STF, o SENADO e a CÂMARA DOS DEPUTADOS encerrar esta bagunça destes boicotadores e submeter eles a julgamento militar, eles não são donos do Brasil

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.