Comissão retira prisão em segunda instância de “pacote anticrime” de Moro por 7 x 6.

Um bando de investigados e denunciados não vão legislar contra si próprio. Vamos fazer pressão! #SomosTodosMoro

Veja vídeo da Deputada Carla Zambelli: https://www.instagram.com/p/BztbRT3nhZo/?igshid=39ny0suarorf

O grupo de trabalho criado na Câmara para analisar o pacote de reformas legislativas do ministro da Justiça, Sergio Moro, retirou do texto a proposta de liberar a prisão antes do trânsito em julgado da condenação.

Por sete votos a seis, os deputados entenderam que só por emenda constitucional é que se pode mexer no assunto, e o “pacote anticrime” de Moro é um conjunto de projetos de lei.

Clique sobre o nome dos que votaram pela retirada, acesse suas informações e ligue para eles. Exija que eles votem SIM pela prisão em segunda instância.

A favor da retirada do artigo da prisão em segunda instância do projeto:

Contra a retirada do trecho da proposta:

  • Adriana Ventura (Novo-SP)
  • Capitão Augusto (PR/SP)
  • Carla Zambelli (PSL/SP)
  • Coronel Chrisóstomo (PSL/RO)
  • João Campos (PRB/GO)
  • Subtenente Gonzaga (PDT-MG)

Deputados que se ausentaram do plenário no momento da votação:

  • Hildo Rocha (MDB-MA)
  • Luiz Antonio (Sem partido-RJ)
  • Santini (PTB-RS)

7 comentários sobre “Comissão retira prisão em segunda instância de “pacote anticrime” de Moro por 7 x 6.”

  1. Lamentável decisão. Prisão em segunda instância já! Excelente instrumento para diminuir a corrupção. Sem esse instrumento os mais ricos e poderosos são favorecido.

  2. Políticos envolvidos ou investigados sob suspeita de Corrupção teria de ser impedidos de participarem de qualquer tipo de votação,isso é um absurdo ………

    1. Seria o certo, como um investigado vai participar de uma comissão para julgar algo que vai levá-lo para a cadeia.
      Onde está o código de ética.
      Não poderia ter voto em nenhuma votação importante e nem projeto de lei alguma.
      Teria que ser suspenso com pagamento suspenso até o fim das investigações.
      Este é o certo..

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.