Carta de Bolsonaro ao Senado aponta risco de retrocesso se MP for alterada

Carta na íntegra enviada pelo Presidente Jair Bolsonaro ao presidente do Senado, Davi Alcolumbre, pedindo que os senadores não alterem o texto da MP 870 aprovado pela Câmara dos Deputados.

Ao senhor DAVI ALCOLUMBRE,

Presidente do Senado Federal.

 

Prezado Senhor,

 

Em nome de todo o Governo Federal, incluídos os Ministros abaixo-assinados, venho manifestar-me em relação à tramitação e votação nesta semana da Medida Provisória nº 870, de 1º de janeiro de 2019, no plenário do Senado Federal.

 

O referido projeto, que versa sobre a reforma administrativa, urgente à austeridade e à sustentabilidade da máquina pública, saiu da Câmara dos Deputados com mais de 95% de sua integralidade. Os principais eixos da reforma foram respeitados, com especial destaque para a expressiva redução de 29 para 22 Ministérios.

 

Na tramitação da proposta, a Câmara dos Deputados fez algumas alterações pontuais – que o Poder Executivo respeita e acata. Solicito, portanto, que as senhoras e os senhores Senadores aprovem a Medida Provisória nº 870, de 2019, conforme o texto recebido da Câmara dos Deputados.

 

Convém lembrar que, não sendo aprovada até o próximo dia 3 de junho, a reforma administrativa perderá seu efeito, resultando em um retrocesso que causará prejuízos a toda a nação brasileira.

 

Conclamo a união de esforços de todos os Poderes da República em nome das demandas autênticas de mudanças almejadas por toda a população brasileira.

Assinado por: Jair Messias Bolsonaro, Sérgio Fernando Moro, Paulo Roberto Nunes Guedes, Onyx Dornelles Lorenzoni

Leia mais aqui: http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2019-05/em-carta-bolsonaro-reitera-pedido-senadores-para-nao-alterar-mp-870

Anúncios

17 comentários sobre “Carta de Bolsonaro ao Senado aponta risco de retrocesso se MP for alterada”

  1. Ueee quem manda na estrutura neste momento é o presidente Bolsonaro se ele pediu para votar assim então o faça da maneira que ele pediu na carta para o senado votar faça o que ele pediu na carta para o senado fazer

  2. Totalmente a favor da aprovação MP 870 na íntegra, conforme o Pr. Jair Bolsonaro enviou, e que o COAF fique com o Ministro Sérgio Moro.

    1. É considerável a aprovação da MP 870, pois vem atender os novos conceitos
      edificando assim, uma conduta ética moral no contesto politico e econômico do país, sem precedente negativa na complexa dinâmica da máquina pública!!

  3. Concordo com a carta, se não vai impetrar na Câmara de novo, eles tiveram 3 meses para aprovarem como o presidente encaminhou, mas quiseram ser diferentes 🤑. Agora todos querem se sair como anjos, todos tem culpa em não ter aprovado na Câmara, esse esquema não cola. Agora saibam o presidente podia ter feito sem ter que pedir opinião, mas a prova está aí, difícil contar com quem se diz REPRESENTANTES do povo😈😠😈

  4. Atitude sentada! Parabéns ao Presidente! O lobby para o COAF no MJ já foi feito e perdemos agora seria agir muito com a emoção e correr o risco de a MP caducar(e ela iria caducar pq o Centrão iria trabalhar para isso acontecer). Pronto! Página virada!!! Que venham as próximas votações!!!!
    Parabéns Presidente!!!

  5. Humildade, Respeito aos Poderes e Compromisso com o Povo é o que mostra o nosso Grande Presidente que almeja oferecer aos brasileiros um Brasil justo e sem corrupção, em encaminhar ao Senado uma carta solicitando aprovação sem alterações . Os Parlamentares viram e ouviram a voz do Povo nas Ruas . O poder emana do povo . Diante destas manifestações brilhantes não há o que argumentar . Aprovar será o mais inteligente !
    Parabéns Presidente ,pela sua preocupação em atender a ” Voz do Povo nas ruas”. Esperamos que os parlamentares sejam comprometidos com a Nação .

  6. Acho q não tem outra alternativa a não ser aprovar como está. Se voltar pra Camara vai perder a validade e será pior.

  7. Ou era isso ou voltaria toda a estrutura de governo da época do Temer , mais despesas , mais cabides .
    Aí não né gente?.
    Ficando no MJ ou no Min.da Economia, o que importa é o presidente .
    E alguém dúvida que o Ministro Paulo Guedes é menos linha dura que o Ministro Sérgio Moro?
    Avante Brasil.

  8. Cada povo tem o Governo que merece.
    Se o nosso Presidente não está conseguindo vencer a luta contra os Congressistas nesse momento crucial, a grande saída foi dada, muda-se a tática.
    Vamos nessa Capitão, a legião de corruptos e ladrões se constituem uma organização criminosa de poder mafioso, todo o cuidado é pouco, nossa luta é sábia, não há porque ficar mandando recados na mídia, faça o que tem que ser feito para mudar o nosso Brasil.
    O Guedes dará todo apoio ao Moro, estamos em casa.

Deixe uma resposta para DEBORAH CHAGAS CRUZ Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.