Antifas e saqueadores podem perder benefícios do seguro desemprego sob novo projeto de lei nos Estados Unidos

O projeto de lei foi introduzido pelo Deputado Federal Republicano e veterano de guerra, James Banks do Estado de Indiana.

Manifestantes e saqueadores perderiam benefícios federais de desemprego e seriam forçados a pagar por policiamento extra necessário em protestos sob um novo projeto de lei apresentado por um veterano congressista.

“Os bandidos da Antifa estão atacando comunidades que sofrem, interrompendo protestos pacíficos e deixando a violência, saques e vandalismo em seu rastro”, representante de Indiana. Jim Banks disse ao apresentar sua “Lei de Protesto de Apoio Pacífico” na sexta-feira.

“Eles transformaram Milwaukee, Seattle e Portland em zonas de guerra e agora estão movendo o caos para Kenosha, Wisconsin. Quem sabe qual é a próxima comunidade? ” ele perguntou em um comunicado.

Banks – que foi destacado para o Afeganistão como oficial do Corpo de Abastecimento da Reserva da Marinha dos EUA – quer retirar qualquer pessoa condenada por crimes federais durante protestos de desemprego extra da Lei CARES que ajuda americanos desempregados durante a pandemia do coronavírus.

Sua lei também consideraria os condenados financeiramente responsáveis por pagar o custo da aplicação da lei “em uma quantia que é igual ao custo de tal atividade policial”, diz o projeto.

“Devido ao aumento dos benefícios federais, os contribuintes estão dando salários aos desordeiros desempregados que estão destruindo nossas comunidades”, disse Banks.

“Precisamos cortar seu financiamento e fazê-los sentir todas as consequências financeiras de suas ações”.

Traduzido do site New York Post:

https://nypost.com/2020/08/30/rioters-looters-could-lose-unemployment-benefits-under-new-bill/

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.