Ex-presidente é o único brasileiro em reportagem ucraniana sobre personalidades que promoveram discursos pró-Rússia.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) é acusado pelo governo ucraniano de promover discurso a favor da Rússia na guerra. Lula é mencionado em uma lista de “palestrantes que promoveram narrativas de propaganda russa”. Aqui está o intacto (1 MB) da interface em ucraniano.

A lista é publicada em um site chamado Centro de Combate à Desinformação, criado pelo governo Zelensky no ano passado para fornecer informações sobre a guerra do ponto de vista de Kiev.

Veja ao site ucraniano aqui!

https://pledgetimes.com/ukraine-says-lula-used-russian-propaganda-during-the-war/