Repost from @jairmessiasbolsonaro

  • Não foi a reação da vítima diante de uma ameaça à sua integridade e a de sua companheira que lhe custou a vida, mas o conforto do bandido na certeza da impunidade. Não foi o cidadão que preferiu perder a vida por causa de um celular, mas o bandido que escolheu matar por isso.
  • Infelizmente temos que repetir nossa revolta contra esse tipo de monstruosidade, sobretudo num cenário em que ainda há pessoas que vivem para defender e relativizar crimes tão desumanos, menosprezando a dor irreparável de inocentes. Neste caso, culpar a vítima tornou-se válido.
  • Há muito tempo o Brasil sofre nas mãos do crime, muitas vezes reflexo daqueles que foram eleitos para combatê-lo, mas acabaram por absorvê-lo ou até mesmo legitimá-lo. Temos trabalhado dia e noite para mudar esse quadro e devolver a segurança que foi tirada dos brasileiros.
  • Apesar de termos alcançado o menor indice de violência de toda a série histórica, ainda é longo o caminho pela frente. Muitas são as dificuldades que enfrentamos. Infelizmente nossa Constituição sequer permite prisão perpétua, por exemplo.
  • Continuaremos fazendo o que estiver ao nosso alcance para seguir avançando. É nosso dever impedir que cenas como essa sejam normalizadas. É nosso dever não esquecer das famílias que sofrem nas mãos do crime. No que depender de mim essa corja não terá um dia de paz!
  • Minha mais profunda solidariedade à companheira e à família de Renan Loureiro. Que o responsável por essa brutalidade pague por seus atos e que Deus conforte o coração de todos! Neste momento a dor faz parecer não existir justiça, mas Deus não deixa os seus desamparados.

https://www.atribuna.com.br/noticias/policia/jovem-e-morto-com-tiro-na-cabeca-durante-assalto-em-sp

Veja o que a alma mais honesta do Brasil disse há alguns uns anos:

Veja também no Rio:

Pelo amor de Deus, não reeleja estes políticos da esquerda, como o PSOL que muitas vezes defendem bandidos: