Queremos o voto impresso já!

Informação consta no “Plano de Ação para a Ampliação da Transparência do Processo Eleitoral”, documento de 81 páginas a que a CNN teve acesso.

As Forças Armadas pediram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que fossem “adotadas medidas” para validar e contar votos nas eleições deste ano, caso o sistema eletrônico falhe.

De acordo com o documento, as Forças Armadas, por meio do seu representante na comissão, general Heber Portella, fez a sugestão. “Considerando o voto como um direito e um dever inarredáveis de cada cidadão, sugere-se a adoção de medidas que permitam a validação e a contagem de cada voto sufragado, mesmo que, por qualquer motivo, as respectivas mídias ou urnas eletrônicas sejam descartadas”, disse Portella.

Ele também afirmou, de acordo com o documento, que “não foi possível visualizar medidas a serem tomadas em caso da constatação de irregularidades nas eleições”.

Fonte:

https://www.cnnbrasil.com.br/politica/forcas-armadas-pedem-ao-tse-adocao-de-medidas-para-contagem-de-todos-os-votos/?amp

Veja também:

TSE prepara resposta a militares sobre dúvidas das urnas eletrônicas

https://noticias.r7.com/brasilia/tse-prepara-resposta-a-militares-sobre-duvidas-das-urnas-eletronicas-06012022?amp