Portaria 885/2021 determina devolução imediata de recursos ao Governo Federal, caso haja irregularidades.