O Ministro Celso de Mello arquiva pedido de apreensão de celular do presidente Jair Bolsonaro.